Hand of Olympus

por Julian Stella

Olhe para este céu. Permita-se olhar até onde seus olhos alcançarem. O mesmo céu que, vez ou outra tem destaque pelo dia ensolarado, dá lugar a um sisudo firmamento, uma mistura de cores regidas pelo azul. As nuvens atravessam o horizonte em um contorno tão dramático que mais parecem um dedo apontando o por do sol ou uma mão se impondo, enquanto se faz notar através da linha do horizonte, lançando sua luz como em um tema mitológico, tal qual Zeus sobre o Olimpo rasgando o céu de ponta a ponta, se exibindo em cores para a lente além de nós mortais.

(Texto – L.Maldonalle)